Saturday, January 10, 2009

Eu te tive e tive o mundo
e depois de você, tive cama
tive sorriso, tive que ter.

Até a hora que tive medo,
perdi tudo o que tive,
tive grastrite, tive sem te ver.

E agora o que eu mais quero,
e menos posso, é te ter.

2 comments:

Espírito Livre said...

E tem amores que são assim. Que exigem a nossa exaustão, a nossa confusão. Mas inspiram. Adoro a forma feroz das suas palavras.

Ana Paula said...

As vezes desejo uma bulimia mental...
seria o caso...