Sunday, June 27, 2010

ele chamou meu corpo de parque de diversão
e eu ainda não saí da montanha russa.

6 comments:

Jaya Magalhães said...

Eu ainda estou decidindo se subo.

Os recomeços são diferentes, iguais a todos. Eu me sinto em paz, por saber que é assim. Me sinto bem por te notar no mesmo ritmo. Qualquer hora dessas nosso samba toca na mesma roda.

Eu sinto sua falta. E andava sentindo falta de mim, também. Acho que estou me reencontrando. Fica mais fácil te enxergar, assim.

Somos as mesmas. Sim.

Um beijo estalado.

Edu said...

Ainda não decidi q tipo de figura de linguagem é isso... vc está se especializando....

yuribraga.com said...

Que momento gostoso, o de descobrir "nossa, eu ainda não saí da montanha russa!"

esse texto tá demais.
assim você ranca o coração do peito, moça.

versospoti said...

Rá!

Taiyo Omura said...

nas curvas do corpo a gente derrapa poemas...
são nesses que eu gosto de acelerar

Mari Magno said...

eu gosto desse tipo de feelings!
hihi.