Thursday, May 14, 2009

Hoje o porteiro lá do prédio me perguntou por que eu emagreci tanto. Daí respondi que não sabia, que a gente nunca sabe quando um amor vai embora. E ele, continuando a conversa, disse que percebeu que eu andava quieta, que já não o comprimentava mais quando saia ou chegava. Que os meus dias pareciam ter ficado como os dias dele: alí, parado, esperando alguém chegar pra abrir o portão de novo. E eu, que não falava com ele há tempos, agora conversando, confirmei o que ele disse. Então, antes de terminar a conversa e me dar a encomenda de SEDEX que tinha chegado pra mim, ele, coçando a cabeça, completou que assim como na vida dele, embora parada, ele nunca tinha deixado de abrir o portão, e que eu deveria fazer o mesmo. "Outras pessoas passam por aí", terminou.

Estranho, mas parece que ele sabia o que tinha na encomenda de SEDEX...

13 comments:

Marina said...

O que tinhaaaaaa no Sedex????

Gostei do texto.

Outro espírito pra mesma Gio.

Beijoca.

meus instantes e momentos said...

gosto de voltar aqui.
maurizio

Meu lixo said...

Agora entendo melhor a canção triste...

Vitor Freire said...

porteiros...

Julieta Abiusi said...

Concordo totalmente com o porteiro. E não importa o que realmente tinha no envio pra vc; o que importa é o q cada um gostaria que tivesse. Lendo seu texto fiquei aqui imaginando que o sedex tinha um pouco de ânimo, abraços dos amigos e risadas de desconhecidos, que sempre contagiam :o)

l.c grazinoli said...

Invadiindo aqui através do blog da Julieta.
Eu tenho uma relação muito especial com meus porteiros, de sentar e ver tv e fazer comida e descer pra comer com eles.
Estou saindo do meu atual apartamento e o zelador falou pra mim:
-Tanta gente pra sair daqui e vai logo voce? esse mundo é injusto.

Entrei no elevador e chorei.

Mas isso tudo pra dizer que seu texto está lindo.

Boa sorte com as futuras portas.

renatamar said...

porteiro sabido!

=]

Boo said...

por aqui não tem porteiros. não se abre ou se fecha portas, elas apenas estão sempre abertas a quem quiser entrar ou a quem quiser sair. gostei do teu porteiro (:

Diversidade.com said...

É por que com a intensidade em que as coisas acontecem... precisamos sempre que alguém nos "abra o portão" e tente nos mostrar, que apesar tudo e de todos,,, existe caminhos...

Existe uma dúvida,,, sobre o que havia no SEDEX, rs

Bem,,,adorei teu espaço!

Visitarei sempre, se bem vinda!
Grande beijo
;)

Lubi said...

eu NÃO quero ter um porteiro desses!
hahaha.

Lubi said...

e o que tinha no sedex?

hein, hein, hein?

lamentações estéries said...

tenho lido o que escreve... e seu porteiro, deveria ter mais conversas com ele... rsrs

lamentações estéries said...

Adorei seu texto! deveria conversar mais com seu porteiro...rsrs
Muito interessante o que ele disse a vc!!

Abraçosss