Tuesday, March 03, 2009

era sobre isso que falavam.

ainda sofro, e choro, e te quero de volta.
mas agora em outro compasso
de relógio atrasado, dentro do meu passo,
sem futuro e sem passado.

você não consegue ver o quanto é triste os dias passarem e eu, constantemente, ir me desapaixonando por você? por que você quer o desamor sendo que eu tenho o mundo pra te dar?

eu não tiro de mim porque não quero, ainda...

7 comments:

Diana Borges said...

"ainda.." Mas vai querer e tomara que não demore.
Amor devastador esse o seu.
Já chorei tanto, mais tanto, que hoje não ouso mencionar nem o nome do dito cujo.
Sim, eu me curei. Mas ainda não voltei a me abrir.

Maria Fernanda said...

Desapaixonar é tão triste. Sei bem como é... Embora não transpareça.

~*Rebeca e Jota Cê *~ said...

Adorei!

Flá Costa * said...

E eu aqui, esperando pra desapaixonar de vez...

LINDO!

beeeijo*

Lubi said...

mas gio.
é necessário.
infelizmente.

a vida tem outros tons para você, diferente de lágrimas.

um beijo.
um abraço.

Boo said...

des-paixão sim. des-amor não há... amor que amor não acaba nunca, abraça, dá colo e cuida, porque ele vai te acompanhar pra sempre.

Espírito Livre said...

desapaixonar é mais fácil talvez que apaixonar. a diferença é que um é escolha e o outro necessidade.

mas tem coisas que a gente só tira quando quer.

adoro SEMPRE o jeito direto e transparente que vc escreve as coisas. obrigada por sempre mostrar quem vc é.

beijo