Wednesday, May 18, 2005

Lar, amar-go lar.

Não foi só porque fexei a porta...eu me fexei, e procuro continuar. Me sinto tão injusta sendo boa com as pessoas que me fazem mal. A minha fobia não é só social, é pessoal.
Por uns instantes não consigo saber onde estou, e a minha vida é mais surreal que qualquer droga. E mais clichê que essa frase. Foram arrancados e expostos pra ele os meus sentimentos, e isso tem se repetido. Sabem o que é isso? É mais humilhante que se fosse exposto em praça pública. E não me rendeu nada. Eu sou muito orgulhosa pra isso. Não consigo achar normal me expor nem para as pessoas que gosto.
Eu não fexei só a porta...eu fexei meu coração, e pretendo continuar.
Agora que já disse, que já fiz e que não sou, eu me arrependo. E de que me adianta? Só serve pra comprovar o quanto não consigo levar em frente as coisas que quero e nem mesmo acredito? Eu não acredito nem no que deveria. E é isso o que me falta. Algo para acreditar. Eu preciso acreditar em alguma coisa.
Eu não fexei só a porta...eu arranquei a chave e me difamei para que ninguém viesse me visitar. E agora eu sinto falta de me sentir farta de todos vocês.

3 comments:

Anonymous said...

I really enjoyed your blog post great story hope you can vist my blog on the new jersey nets news with nets rumors :-) Nets News

Anonymous said...

Blogging Backlash? What Blogging Backlash? Oh, That Blogging Backlash
Web 2.0 Conference 2005 October 5-7, 2005, San Francisco, CA A recent article--well, it was recent at the time--argues that backlash is coming for the bloggers.
Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a ##taking surveys online## site/blog. It pretty much covers ideas on how to make money working online, plus other related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

Madame Pantera said...

Só achei esse lugar para comentar. Bem, eu tenho que admitir, ainda não li o seu blog, mas parece que você gosta de escrever, ao menos, os seus posts tem mais de 3 linhas e isso é muito bom, pois não gosto de postagens curtas, sempre sinto que tem algo importante faltando. E fiquei realmente chocada com a sua mensagem, não me considero nem metade do que você disse ali, mas você tem o direito de gostar do que quiser, quem sou eu pra tentar mudar isso?! Para mim é um pouco estranho, pois eu só escrevo como uma forma de catarse, então não me preocupo com a estética e nem com a maneira que eu escrevo irá soar, a única forma que eu consigo "me confessar" é essa. Bem, de qualquer forma, obrigada e quando eu tiver mais tempo, passo aqui leio as coisas com mais calma.